Gestão na farmácia: pequenos passos para o sucesso

PUBLICADO EM 22 de fevereiro de 2019

Ainda que pareça básico, gerenciamento pode ser intuitivo e informal para muitos varejistas.

Gerir é fundamental para todo negócio, inclusive para a farmácia. O que parece muito óbvio, nem sempre o é, pois, muitos empresários pecam nesse ponto por comandarem sua empresa de maneira informal e intuitiva.

Quando a empresa tem uma estrutura familiar, com poucos funcionários e pequenas somas de dinheiro em circulação, as coisas até conseguem caminhar de maneira mais intuitiva e simples. Porém, se essa empresa começa a crescer e almeja o sucesso a gestão deve ser conduzida de forma responsável, observando-se cada detalhe. É nesse sentido que empreendedores precisam sair da gestão informal e fazer a transição para se destacar no mercado. Separamos alguns passos importantes para você:

1- Conheça o seu negócio: Pode ser feito por meio de um diagnóstico da sua empresa; do campo de atuação; dos custos; do mercado; de quem é o público; entre outros.

Defina, em que sua farmácia é forte e competitiva e que outros pontos fortes têm; veja também onde há pontos fracos a melhorar.

2- Planejamento financeiro:  Existem no mercado sistemas e softwares criados para ajudar o empreendedor a ter uma visão ampla e precisa do negócio, visualizando cada despesa de maneira detalhada, além da receita total e os lucros líquidos.

3- Preste atenção no mercado: Não se esqueça do básico: o que os clientes realmente querem. Isso permite que possa projetar o seu futuro; as questões de estoque; sazonalidade; quanto os clientes pagariam por aquilo que sua farmácia vende; entre outros pontos.

Com dados concretos, é possível direcionar recursos, otimizar custos, preços, planejar estratégias de RH, marketing e ter ideias de conquista de mercado.